Atividades

 

A primeira imagem que nos vem à cabeça quando se fala "escoteiro" são os acampamentos, ou então aquele velho clichê do escoteiro ajudando a boa velhinha a atravessar a rua. Vida ao ar livre, e ajudar ao próximo são partes importantes do escotismo, mas existe muito mais do que isso.

 

Mas afinal, o que fazem os escoteiros?

 

Fundamentadas no Método escoteiro idealizado por Baden-Powell, as atividades são desenvolvidas seguindo o conceito "aprender fazendo", isto é, dar oportunidade que o jovem tente e experimente por ele mesmo, e também devem estimulá-los a aprimorarem os conhecimentos que já possuem, seja através de jogos, dinâmicas, apresentações ou acampamentos, tudo de forma interessante e divertida.

 

 Cada atividade é planejada, aplicada e avaliada seguindo objetivos educacionais que acompanham o jovem em toda a sua vida escoteira, e que compreendem as seguintes áreas: físico, intelectual, afetivo, social, espiritual e caráter.

 

Assim, através dos jogos, acampamentos, trabalhos sociais, passeios, excursões, palestras ou qualquer outra atividade, é possível expandir o auto conhecimento do jovem, seu espírito de equipe, ou mesmo tentar desenvolver aspectos específicos dos jovens que possam estar precisando de uma maior atenção.

 

É nosso desejo que o jovem faça o melhor possível para que se torne:

 

 

Uma pessoa de caráter, reto;
Limpo de pensamento;
Digno de confiança;
Capaz de tomar suas próprias decisões;
Que respeita o próximo e a natureza;
Honrado, alegre e leal aos seus pais;
Construtor da paz;
Capaz de encontrar seus próprios caminhos na sociedade;
E ser FELIZ.

Outubro de 2017
Institucional

O "Honga", como é carinhosamente chamado pelos seus integrantes e amigos, é vinculado à União dos Escoteiros do Brasil (UEB) e está instalado nas dependências do Templo Honpa Hongwanji do Brasil, que funciona como mantenedora e nos empresta o nome, oferecendo todo o suporte e infraestrutura sem interferir no dia-a-dia das atividades escoteiras.

Contato